top of page
Buscar

Soja: Brasil exporta 72,467 milhões de toneladas de soja nos primeiros sete meses de 2023.

Porto Alegre - RS - Brasil - 20230825

China importou, nos primeiros sete meses de 2023, 50,42 milhões de toneladas de soja do Brasil.
Destino da soja brasileira em 2023 e principais compradores da soja brasileira.

Fonte: Comexstat


As exportações de soja brasileira superam 72,467 milhões de toneladas nos primeiros sete meses do ano de 2023, representando 19.73% acima do mesmo período do ano de 2022.


Das 72,467 milhões de toneladas exportadas, cerca de 50,42 milhões de toneladas foram destinadas a China, correspondendo a 69,58% do volume exportado nos primeiros sete meses desde ano. A China é o principal comprador da soja brasileira e, comparando com o ano anterior, as compras da China aumentaram cerca de 24,83%, cujas importações somaram no mesmo período do ano de 2022, 40,39 milhões de toneladas.


Em segundo lugar, está a Argentina, que importou, no acumulado dos primeiros sete meses, aproximadamente 3,49 milhões de toneladas. O motivo deve-se a grande estiagem sofrida pelo País, cuja colheita foi menos da metade das estimativas iniciais, sendo o Brasil um dos grandes provedores para o mercado argentino.


Principal destino da soja brasileira é a china.
Exportações de soja em 2023: Brasil supera 72,46 milhões de toneladas

Fonte: Comexstat


Com produção recorde da safra 2022/2023, cerca de 154 milhões de toneladas, o Brasil naturalmente exportou mais soja, totalizando 11,94 milhões de toneladas a mais que o ano de 2022, em comparação com os primeiros sete meses de cada ano. Já os 10 principais compradores da soja brasileira adquiriram, cerca de 63,46 milhões de toneladas, representando 87,57% do total exportado no ano de 2023.


O que destoa a lista são a China e a Argentina, a primeira aproveitando os preços e o mercado, com média de US$ 525,47 no valor líquido FOB em 2023, adquirindo o produto com preços mais baixos que o ano de 2022, com média de US$ 583,88 no valor líquido FOB, correspondendo a 10% mais baixo, se comparado os primeiros sete meses de cada ano. Já a Argentina necessitou importar a oleaginosa brasileira devido a grande estiagem que assolou a agricultura local por quase 2 anos.


China e Argentina puxam a frente da lista nas compras de soja do Brasil em 2023.
Maiores compradores de soja do Brasil em 2023

As estimativas das exportações de soja do Brasil são de aproximadamente 97 milhões de toneladas em 2023, ante os 78,73 milhões do ano de 2022, correspondendo a um aumento de aproximadamente 24%.


Gostou deste conteúdo, curta e deixe seus comentários.


9 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page